A Fundação
Os Arquitectos
A Documentação
Património Edificado
Investigação
Edições
Conferências
Colóquios
Exposições
Cursos
Visitas Guiadas
Viagens Culturais
Outras iniciativas
Gravações vídeo
Newsletter
Contactos
Loja
Destaques
Carrinho de Compras
Arquivo digital
Catálogo bibliográfico
facebook
facebook

Classificação de Bens Imóveis da autoria de Arquitetos representados na FIMS

 
Fotografias FIMS    
 

Os esforços desenvolvidos na abertura de processos de classificação de bens imóveis pretendem cumprir o objetivo de encontrar instrumentos de consciencialização e preservação de património cujo valor intrínseco e para a comunidade seja incontestável, um instrumento dissuasor de práticas que possam levar ao abandono, deterioração, dano ou, em última instância, mais grave, à sua perda irreparável.

 

Tendo a Fundação Marques da Silva um acervo onde se encontram representados nomes referenciais da arquitetura portuguesa - autores de obras cuja implantação define lugares e épocas, projetistas conceptual e materialmente afirmativos, construtores de espaços icónicos cuja vivência passada e presente, mesmo com perda da função inicial, os transforma em bens enriquecedores do património coletivo, necessariamente a salvaguardar - torna-se inerente ao desempenho da instituição, a utilização do conhecimento reunido sobre uma obra num sentido acionar mecanismos disponíveis de prevenção de risco e preservação patrimonial.

 

A abertura de processos de classificação de bens imóveis decorre de um contexto especifico que a despoleta, valida, impulsiona e/ou condiciona, por antecipação ou em reação a uma ação concreta. Uma forma de sensibilização das entidades oficiais responsáveis  a ser, contudo, sempre encarada em complementaridade com outras iniciativas que visem a valorização desse património e o envolvimento das comunidades onde se encontra implantado.

 

- Abertura do processo de classificação do Posto duplo de abastecimento da Galp, no lugar de Covas, em Guimarães, da autoria do arq.to Fernando Távora

 


Fotografia de época   


Fotografias José Bernardo Távora   

 

A 25 de novembro de 2014, a FIMS entregou na Direção dos Serviços de Bens Culturais do Norte o dossiê que permite iniciar o processo de classificação do Posto duplo de abastecimento da Galp da autoria do arq.to Fernando Távora, no lugar de Covas, em Guimarães. A proposta de classificação tem subjacente a sensibilização das entidades competentes para a necessidade de preservar a harmonia, equilíbrio compositivo, formal e plástico do projeto original, num momento em que tem pendente sobre si a ameaça de demolição das palas de betão armado, uma secção estrutural com valor identitário, essencial para a caracterização do conjunto. Aí se apela para a compreensão do valor referencial, documental e patrimonial desta obra de arquitetura, certificando a importância do seu estudo e a sua relevância no contexto urbano e edificado de Guimarães, bem como no quadro da arquitetura portuguesa do século XX.


Consultar DR: https://dre.pt/application/file/67072167

 

© fundação instituto arquitecto josé marques da silva / uporto / design: studio andrew howard / programação: webprodz