A Fundação
Os Arquitectos
A Documentação
Património Edificado
Investigação
Edições
Conferências
Colóquios
Exposições
Cursos
Visitas Guiadas
Viagens Culturais
Outras iniciativas
Gravações vídeo
Podcasts
Newsletter
Contactos
Loja
Destaques
Carrinho de Compras
Arquivo digital
Catálogo bibliográfico
facebook
facebook

PRÉMIO FERNANDO TÁVORA

 

O Prémio Fernando Távora foi instituído pela Ordem dos Arquitectos em 2005, em homenagem ao arquiteto portuense, figura de referência da arquitetura portuguesa pela sua atividade enquanto arquiteto e pedagogo. Fernando Távora viajou incessantemente para estudar in loco a arquitectura de todas as épocas, em todos os continentes, utilizando-a como conteúdo e método da sua actividade pedagógica e profissional.

O Prémio consiste na atribuição de uma bolsa de viagem anual no valor de € 6.000; é aberto a todos os membros da Ordem dos Arquitectos e atribuído à melhor proposta de viagem de investigação apresentada em candidatura.
 

A partir de 2020, ano de realização da 16.ª edição, a OASRN, entidade organizadora, passou a ter a Fundação Marques da Silva como entidade parceira.

 

 

20.ª Edição (2024) | Candidaturas 

 

Entre 8 de abril e 12 de agosto, encontram-se abertas as candidaturas à 20.ª edição do Prémio Fernando Távora.
 
O Júri desta edição do Prémio será constituído pelo jornalista e escritor Richard Zimler, pela Arq.ta Andrea Soutinho (em representação da Fundação Marques da Silva), pelo Arq.to Carlos Prata (em representação da Casa da Arquitectura) e pela Arq.ta Teresa Fonseca (em representação da OASRN); em representação da família do Arq.to Fernando Távora, estará a Dr.ª Luísa Távora.

Esta edição é também parte integrante do programa de Comemorações do Centenário de Nascimento do Arquiteto Fernando Távora, organizado pela Ordem dos Arquitectos, a Fundação Marques da Silva, a Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, o Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra e a Escola de Arquitectura, Arte e Design da Universidade do Minho.


Para + info e consulta do regulamento: www.ordemdosarquitectos.org

 


Sobre edições anteriores:

19.ª Edição (2023/24) | Anúncio do vencedor

 

No dia 2 de outubro, em cerimónia decorriada no Salão Nobre da Câmara de Matosinhos, foi anunciado o projeto vencedor da 19.ª edição do Prémio: Maria Rita Pais e Luís Santiago Baptista com Na Linha da Frente. A arquitectura do bunker nas linhas de defesa da Europa Central.

O júri - constituído pelo ator e encenador Ricardo Pais, pela Arq.ta Andrea Soutinho (Fundação Marques da Silva), pela Arq.ta Ana Vieira (Casa da Arquitectura) e pela Arq.ta Susana Ventura (OASRN) e, também, pela Dr.ª Maria José Távora (família do Arquiteto Fernando Távora) - decidiu unanimemente por uma proposta que considerou ser "consistente, com um plano de viagem extremamente bem estruturado e pormenorizado, demonstrando preparação prévia rigorosa. O projeto apropria-se e reformula o próprio conceito de viagem, através da forma como os candidatos pensaram a relação com o território e a especificidade na aproximação a cada um dos lugares.” Especificou ainda que “um dos fatores que pesou na distinção desta proposta face às demais, prende-se com o seu conteúdo imagético e de fascínio por estes objetosarquitetónicos, de alguma forma ocultos e desconhecidos, inscrevendo-a numa reativação dos problemas de fronteira e de guerra que nos vêm afligindo. A proposta procura a discussão do passado destes objetos, também em Portugal, e da sua importância para a memória coletiva futura.”
 

A cerimónia encerrou com uma conferência do arquiteto/fotógrafo Duarte Belo, Ininterrupta Viagem.

As inscrições para esta 19.ª edição, de candidatura a uma bolsa de viagem com um valor de 6.000,00€, decorreram até 7 de agosto passado.
 

O Prémio Fernando Távora, promovido anualmente em memória da figura que influenciou gerações sucessivas de profissionais pela sua atividade enquanto arquiteto e pedagogo, dirige-se a todos os inscritos na Ordem dos Arquitecto e resulta na atribuição de uma bolsa de viagem, é uma iniciativa da Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN) que tem como entidades parceiras a Fundação Marques da Silva, a Câmara Municipal de Matosinhos e a Casa da Arquitectura. Conta ainda com o patrocínio da Ageas Seguros.
 

A cerimónia de anúncio do Vencedor desta edição inseriu-se no Programa de Comemorações do Centenário de Nascimento do Arquiteto Fernando Távora.
 

+ info: Regulamento
+ info: www.oasrn.org


 

18.ª Edição (2022) | Anúncio do vencedor

No dia 3 de outubro, em Dia da Arquitetura, foi anunciado mais um vencedor do Prémio Fernando Távora: Inês Vieira Rodrigues, que assim poderá empreender uma "Viagem às arquiteturas energéticas insulares", ancorada nos Açores e na Islândia.
A decisão reuniu a unanimidade do Júri, presidido por André Tavares (indicado pela OASRN – Ordem dos Arquitectos Secção Regional Norte) e composto ainda por Maria João Seixas (nomeada pela OASRN enquanto figura de relevo cultural externa ao campo disciplinar da Arquitetura), por José Bernardo Távora (indicado pela Fundação Marques da Silva), por Pedro Baía (indicado pela Casa da Arquitetura) e por Francisco de Tavares e Távora Pereira Coutinho (designado pela família do Arquiteto Fernando Távora).
Perante a qualidade, relevância e atualidade dos seus temas, o Júri decidiu atribuir também duas menções honrosas às propostas de Luis Duarte Ferro, «Silêncios loquazes: a cultura por vir» e de João Carlos de Almeida e Silva, «A presença da Eva. À procura de casas que foram brindes publicitários».

O anúncio do vencedor decorreu na sede da OASRN. A sessão contou ainda com a conferência de Margarida Quintã e Luís Ribeiro da Silva, vencedores da 15ª edição do Prémio, sobre a viagem realizada "Às fronteiras do México".

O lançamento desta 18.ª edição do Prémio decorreu a 4 de abril, na sede da OASRN e contou com a participação de alguns dos vencedores de edições passadas. Após as palavras de abertura e apresentação do regulamento, Armando Rabaça, Maria Neto, Paulo Moreira, Susana Ventura partilharam a sua experiência enquanto participantes e vencedores do Prémio. Foi uma reflexão sobre o papel que a viagem teve no seu trajeto profissional e uma ocasião para refletir sobre as possibilidades de futuro do próprio Prémio Fernando Távora.
 

A Fundação Marques da Silva é parceira desta iniciativa da Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN), que conta ainda com as parcerias da Câmara Municipal de Matosinhos e da Casa da Arquitectura, bem como com o patrocínio da Ageas Seguros.

A entrada é livre sujeita à lotação do espaço.
 

+ info: Regulamento
+ info: www.oasrn.org

 

17.ª Edição (2021)

Com transmissão direta via facebook, a Secção Regional Norte da Ordem dos Arquitectos lançou, a 7 de maio, pelas 19h, a 17.ª Edição do Prémio Fernando Távora.

A crise pandémica condicionou, de modos diferentes, a realização dos dois últimos prémios pelo que a sessão contou com uma presença virtual dos anteriores premiados, que farão um enquadramento sucinto dos projetos galardoados e das influências sofridas pelo impedimento ou condicionamento de viajar. Foram ainda revelados os membros do júri*, que é renovado anualmente e inclui, para além do representante do Conselho Diretivo Regional da OA e dos representantes indicados pelos parceiros, uma figura de relevo cultural externa ao campo disciplinar da arquitetura e um elemento designado em conjunto com a família do arquiteto Fernando Távora.
 

A 4 de outubro, foi anunciado o vencedor da 17.ª Edição do Prémio Fernando Távora. A sessão contou com uma breve apresentação do trabalho dos vencedores da 16ª edição, Carlos Machado e Moura e Pedro Abranches Vasconcelos, e com a conferência de Isabel Pires de Lima.

João David Valério, com "Aldeias Modernistas. Edifícios de habitação de alta densidade a baixa altura na Suíça, nas décadas de 1950 a 1980", foi o vencedor desta edição do Prémio, onde foram ainda atribuídas pelo júri duas menções honrosas, designadamente a Pedro Luz Pinto e Adriano Niel.

 

Consultar Regulamento

Ver Press-Release
Ver Cartaz de Lançamento

+ info: www.oasrn.org


* O júri do 17.º Prémio Fernando Távora, presidido pelo arquiteto José Bernardo Távora, filho de Fernando Távora e representante da Fundação Marques da Silva, é composto ainda pelo arquiteto Bruno Baldaia, vice-presidente da OASRN; pela economista Maria Luísa Tavares e Távora Pereira Coutinho, neta de Fernando Távora, que aqui assume a representação da família; e pelo diretor de Gestão do Território no Município de Matosinhos, o arquiteto Luís Berrance, representante da Casa da Arquitectura e da Câmara Municipal de Matosinhos. Isabel Pires de Lima, especialista queirosiana que continua como responsável pela promoção nacional e internacional das atividades do Centro de Estudo de Cultura Portuguesa (Universidade do Porto), foi convidada enquanto personalidade de relevo cultural.

 

16.ª Edição (2020)
O Júri desta edição foi constituído pela jornalista Paula Moura Pinheiro, pela arquitecta Paula Silva, pelos arquitectos José Bernardo Távora (indicado pela Fundação Marques da Silva) e Eduardo Queiroga (em representação da OASRN) e, também, pela Dra. Maria da Graça de Tavares e Távora Pereira Coutinho (designada pela família do Arquitecto Fernando Távora).

Num ano atípico, dado carácter extraordinário da situação epidemiológica atualmente vivida, também o Prémio Fernando Távora teve de se reajustar. O período de submissão de candidaturas à 16ª edição do Prémio Fernando Távora, foi prorrogado até 31 de agosto e a cerimónia de anúncio do Vencedor foi reagendada de 6 para 26 de outubro. A conferência do Vencedor da 15ª edição, os arquitetos Margarida Quintã e Luís Ribeiro da Silva, cuja viagem não pôde ser realizada, e o lançamento da 17ª edição, ficam provisoriamente suspensos.

Assim, a 26 de outubro, às 18h00, na sede da Secção Regional do Norte (OASRN), o júri, numa cerimónia em formato reduzido, transmitida em streaming via facebook da OASRN, anunciou o vencedor desta edição, a proposta "Estrelas do mar: Fortificações Costeiras de Portugal Continental", dos Arquitetos Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura. Segundo o júri, foi distinguida "por ser inédita, contribuindo para um conhecimento atualizado e sistemático do património defensivo costeiro, através da utilização do desenho e das novas tecnologias numa uniformização, em termos de apresentação".

 

Consultar:
Regulamento Prémio Fernando Távora
Formulário de inscrição

Ver: Cartaz

 

+ info: www.oasrn.org

 

 

 

© fundação instituto arquitecto josé marques da silva / uporto / design: studio andrew howard / programação: webprodz